Não usar acento e cedilha
 
 

UMA PÁGINA PESSOAL

 

. Uma vida de músico
. Ler e escrever
.
Cacilda Borges Barbosa




LER E ESCREVER: POESIA


SOBRE GENTE

 

Ouviram do ipiranga

O menino pulava na plataforma do bonde
(é proibido viajar na plataforma e nos estribos)
O bonde vazio,
a rua vazia na hora de almoço

O bonde parou
             andou
                          parou
O menino pendurava-se no balaústre
e sorria

             O bonde parou
O garoto gritou
"independência ou morte"

 
 

 

 
 

<<voltar para listagem