Não usar acento e cedilha
 
 

UMA PÁGINA PESSOAL

 

. Uma vida de músico
. Ler e escrever
.
Cacilda Borges Barbosa




LER E ESCREVER: POESIA


SONETOS

 

Cantiga de amigo

Sei que você é má; sei como é arrogante.
Sei quanto despreza minha inteira figura
por feio, por gordo, pela ínfima estatura.
Sei quanto a você custou ter sido minha amante.

Mas sei também que não há escárnio e mal dizer
nisso que sinto; e escrevo neste momento.
Aqui e agora só borbulha o sentimento
de um imenso e flamejante bem-querer.

Todas imperfeições que vejo em você
são as delícias de sua humanidade.
Cada um que em espanto assim me lê

falando de paixão com tanta crueldade
sabe que Deus fez este mundo que se vê
e só fez você em minha felicidade.

 
 

 

 
 

<<voltar para listagem