Não usar acento e cedilha
 
 

UMA PÁGINA PESSOAL

 

. Uma vida de músico
. Ler e escrever
.
Cacilda Borges Barbosa




LER E ESCREVER: POESIA


SONETOS

 

Corrupios no ar parado

Claro e escuro equilibrando,
quente e frio em jeito certo,
meio ruço e meio aberto,
o dia vai macio e brando.

Tempos ruins, e tempo bom;
incerteza e intensa paz;
o mundo faz e desfaz
a cada luz, vento ou som.

Vou passando assim meus anos
cheios de inquieta quietude;
igual a todos humanos,

o mesmo, por mais que eu mude,
acertando com os enganos,
enquanto a vida me ilude.

 
 

 

 
 

<<voltar para listagem