Não usar acento e cedilha
 
 

UMA PÁGINA PESSOAL

 

. Uma vida de músico
. Ler e escrever
.
Cacilda Borges Barbosa




LER E ESCREVER: POESIA


SONETOS

 

Soneto do amor Sereno

A paixão que se solta e se alarga,
toma o espaço todo do vivente,
é um sentimento inconseqüente
que cedo se esgota; ou amarga.

Paixão serena flui leve e mansa,
num querer suave e meticuloso:
o cotidiano remansoso
acolhe, enraíza e jamais cansa.

É amor de mãos quentes e abertas,
de olhos nos olhos da amada;
é amor das escolhas certas,

da doação inteira e adequada.
Perfeita, entre as emoções incertas -
uma paixão desapaixonada.

 
 

 

 
 

<<voltar para listagem